Qual a música ideal para o Dia dos Namorados?

Já reparou que na maioria das canções românticas que têm letras falando de amor “para sempre” a parte musical é de uma tristeza como se tudo já tivesse acabado?
 
Por exemplo, a música romântica nº 1 nas paradas de todos os tempos, segundo a Billboards. É Endless Love, dueto de Lionel Richie com Diana Ross. Se o nome não foi suficiente para sua memória musical recordá-la, aposto que basta escutar 3 segundos para você lembrar que não só conhece como a escutou mais do que gostaria:
 

 
A maravilha de amar está aí na letra: amor infinito, para sempre, dois corações batendo como um só etc. Mas se você escutar a música sem prestar atenção à letra parece que alguém morreu e quem ficou está na sofrência. Não é?
 
Por isso acho que músicas assim não servem de maneira alguma para um dia como o dos namorados. Porque namoro é a fase paradisíaca de todo relacionamento amoroso. É quando o sentimento impera mais do que qualquer outra coisa. Tudo é lindo, pleno, alegre, parece endless. Para quem está nessa fase o dia dos namorados é todo dia. Daí muitos acharem que no dia “oficial” precisam inventar moda, comemorar mais e melhor etc.
 
Ok, é do jogo, mas CUIDADO!
 
Sei que a imagem comum de dia dos namorados é jantar à luz de velas, casal bem arrumado, taças de vinho e músicas como Endless Love para embalar. Mas, vamos falar a verdade? De duas, uma. Num aprumo desses ou você vai pedir em casamento ou esse teatro todo só serve à uma finalidade: Sexual Healing. 
 
Então, se é para comemorar apenas por esporte, sem assumir compromisso maior, sirva Marvin Gaye como acompanhamento, vai. Fica menos brega e mais coerente, pelo menos:
 

 
Mas músicas para transar não são músicas de dia dos namorados.
 
Música para esse dia tem de ser como o próprio namoro: leve, alegre, que te deixa sorrindo sozinho, com cara de bobo. Como Hooked On A Feeling, que hoje em dia todo mundo conhece por causa do filme Guardiões da Galáxia, que a tem na sua famosa trilha sonora, mas na versão da banda Blue Swede, que é mais animada, mas tem um canto tribal (Ooga Chaka) enfiado no início e fim que não tem nada a ver com nada ali. Sou mais a original, gravada por B. J. Thomas:
 

 
A letra não poderia casar mais com o sentimento da música, fazendo uma metáfora do sentimento da paixão com estar embriagado ou drogado, no bom sentido, que é precisamente o que significa estar apaixonado no início de um namoro. 
 
Aproveitando a trilha de Guardiões da Galáxia, que é boa justamente por estar recheada de músicas assim, feitas para apaixonados e, por isso mesmo, apaixonantes, ela tem outra perfeita para o dia dos namorados, também casando letra e música com perfeição. É Come and Get Your Love, da banda Redbone:
 

Fala a verdade: está aí com um sorriso no rosto, não está? 
Então, fica a dica para este dia dos namorados: mais Hooked On A Feeling e menos Endless Love. Garanto que tornará este dia mais memorável e menos cliché.
 
Ah, mas você está sem namorado(a) e aí só teria motivos para endless pain. Compreendo, mas me responda uma coisa? Que tipo de pessoa te atrai: uma que venha com Endless Love ou uma cantando Come And Get Your Love? 
 
Se você respondeu a primeira, já tem uma boa pista para saber por que está sozinho(a). Já se você preferiu a segunda, bem, então seja essa pessoa!
 
Quer aprender como? Confira essas 6 dicas que o Jota deu para você começar um relacionamento e se quiser mais temos até curso sobre isso aqui n’Os Náufragos!
 
 
 
  • Francisco Escorsim naufragou como bacharel em Direito, tornando-se professor de educação da imaginação e formação do imaginário. É escritor e colunista de vários sites e do jornal Gazeta do Povo.

    You May Also Like

    O primeiro passo para a vida adulta

    Conversei no começo do ano passado com uma moça bastante jovem. Do alto dos ...

    Por que me sinto paralisado na vida?

    Todo mundo que dirige carro sabe como é quando se está aprendendo. Lembro que ...