Tag: Felicidade

Superando as marcas do passado: como reconstruir um coração em ruínas

O futuro de todo relacionamento tem apenas duas alternativas: seguir em frente e tornar-se cada vez mais sólido ou, infelizmente, acabar e cada um seguir seu rumo. A primeira opção é o objetivo que todos procuramos – quem não quer ser feliz, não é mesmo? Mas é sobre o segundo caminho que precisamos conversar. 

Términos não são fáceis. Você pode ter passado por vários e sempre que se encontra nessa situação passa pelo mesmo drama. Toda vez que descubro que um relacionamento terminou, sempre sinto certo pesar. Porque tenho certeza que não foi algo suave e agradável. Continue lendo

6 dicas para começar um relacionamento

O ser humano é um ser relacional. Dependemos do outro para sermos nós mesmos: é primeiramente nossa família, e depois a sociedade, que nos forma e nos ajuda a ser quem somos. Porém, não raro arranjamos encrenca com diversas pessoas e acabamos pensando “o que eu tenho de errado?”. Na nossa realidade amorosa então, nem se fala! Parece que cada vez mais o sonho de um relacionamento saudável fica mais distante: podemos passar a vida numa sequência de relacionamentos parciais e insatisfatórios, ou então mantermos um relacionamento duradouro que perdeu o sentido há tempos. Continue lendo

Como descobrir a sua vocação?

A vocação costuma se tornar um drama quando chega a época de definição da vida profissional. Aquela época em que precisamos escolher se fazemos vestibular ou optamos por um curso técnico; se já começamos a trabalhar de uma vez ou, então, desejamos sair viajando pelo mundo para ganhar experiência de vida; será que é hora de casar ou comprar uma bicicleta? Dependendo da escolha do filho, como, por exemplo, querer ser músico, muitos pais dirão: “Filho, primeiro garanta seu sustento, depois você faz as coisas que você gosta”. E nessa frase está condensada todos os equívocos vocacionais que padecemos: olhamos para a vocação como se fosse uma escolha de rumo profissional ou descoberta de algo que gostamos de fazer. Continue lendo

O que é o sentido da vida?

Desde o momento em que tomamos consciência de nossa necessidade por sentido, buscamos sempre algo mais significativo para gastarmos o tempo da nossa vida. Esse desejo começa muitas vezes quando a criança brinca de ser super-herói, ali está a semente desse Sentido da Vida ainda sem forma. Na adolescência essa busca está mais voltada para si, e é interessante de ser notada. Quando o jovem começa a se distanciar da família – evita os pais, não quer nenhum sinal de carinho público, diz que eles não o entendem – podemos dizer que ele está em busca de desenvolver sua personalidade independente de um grupo que o absorva. Continue lendo

Transcenda o seu umbigo

Buscamos a felicidade incessantemente. Ouvimos pelos quatro cantos do mundo a idéia de que o sentido da vida é a felicidade ou que o homem nasceu pra ser feliz. Outra crença bastante difundida é a de que devemos fazer o que nos deixa feliz. Claro que alguém pode questionar: “mas você quer que sejamos tristes?”. A questão aqui não é essa. Continue lendo

Você está puto com a vida?

Georges Simenon, o famoso escritor criador do inspetor Maigret, escreveu vários livros auto-biográficos, dentre eles um chamado Pedigree, em que tinha um objetivo: “Com Pedigree eu quis drenar todo o pus. E fui fundo nisso”. Ele estava cansado de escrever “bufando e espumando pela boca”. Queria curar as feridas em sua existência. Mas, segundo o autor de sua biografia: “por sorte, ele não conseguiu”. Sim, foi sorte. Continue lendo